HÉRNIA DE DISCO

Tratamento para hernia de disco.

Dr. Entrevistado na T.V. - Abaulamento Discal -

Dr. Gilberto. – entrevistado na T.V.

HERNIA DE DISCO – ORIENTAÇÕES PRÉVIAS

Dr. Gilberto trabalha no tratamento de problemas da coluna vertebral há várias décadas. Autor de livro sobre problemas da coluna . Escreveu inúmeros artigos sobre coluna vertebral e seus problemas em  vários jornais e revistas.  

 

Este site, ricamente ilustrado, tem como objetivo oferecer conhecimento sobre hernia de disco.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


O QUE É HERNIA DE DISCO

 

ANTES DE TUDO, SAIBA O QUE É UM DISCO

Para entender o que uma hérnia de disco, primeiro você precisa saber o que é um disco.

DISCO

DESENHO DE UM DISCO

Basicamente um disco é composto de núcleo pulposo (interno) e anel fibroso(externo).

O núcleo de cada disco é de uma material gelatinoso. Já o anel é feito de uma material mais fibroso, funciona como uma capa ou membrana para conter o núcleo.

Cada disco fica entre duas vértebras. A função principal de cada disco é servir como uma “espaçador” entre as vértebras e, também, funcionar como um “amortecedor”. Os discos recebem os impactos dos nossos movimentos diários e os amortecem.

Se deseja aprofundar no entendimento da anatomia, clique aqui: Anatomia da Coluna

HÉRNIA DE DISCO

HÉRNIA DE DISCO, PINÇANDO RAIZES DE NERVOS PRÓXIMOS À ELA

HÉRNIA DE DISCO, PINÇANDO RAIZES DE NERVOS PRÓXIMOS À ELA

Definição: uma hérnia de disco é a saída parcial do seu material interno (núcleo pulposo), passando por um rompimento da sua capa externa (anel fibroso)  que o envolve.

HÉRNIA DE DISCO - VISTA SUPERIOR

HÉRNIA DE DISCO, VISTA DE OUTRO ÂNGULO

Vou explicar melhor: quando um disco tem um pedaço seu, saindo para fora do espaço entre uma vértebra e outra, receberá o nome de hérnia de disco.

Os problemas principais – fortes dores e formigamento – ocorrem devido este pedaço do disco que foi expulso para fora do seu local original, ficar pinçando, esmagando, nervos próximos, pois o espaço é limitado na região que estão os discos.

Estes nervos são bem longos, começam na sua raiz, na coluna vertebral e terminam na extremidade de um membro – superior (mão) ou inferior (pé).

A hérniação fica comprimindo a raiz de alguns nervos, causando os sintomas, dor, formigamento e fraqueza.

RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA MOSTRANDO HÉRNIA DE DISCO

HÉRNIA DE DISCO

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA,  VISTA LATERAL – HÉRNIA DE DISCO

 

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA, VISTA DE CIMA DE UMA HÉRNIA DE DISCO

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA, VISTA DE CIMA – HÉRNIA DE DISCO

 

 

 

 

 

 

 

 

 


COMPARAÇÃO DE UM DISCO COM UM BALÃO DE FESTAS

Para facilitar o entendimento do que é uma hérnia de disco, imagine um balão de festas entre suas mãos. Ao comprimir com força, o balão irá formar uma saliência e ficará com uma parte para fora das suas mãos.

Sei que é uma comparação simplista para explicar algo complexo como uma hérnia de disco. Mas, creio que esta simulação, facilite o entendimento do que é uma hérnia de disco.

SIMULAÇÃO DE HÉRNIA DE DISCO

MÃOS APERTANDO UM BALÃ0 – SIMULAÇÃO DE HÉRNIA DE DISCO

 

Hernia de disco comprimindo raiz nervo

Hernia de disco comprimindo raiz nervo

Na hérnia de disco, um pedaço do disco não é contido pelo anel fibroso, saindo dos limites das vértebras.

Na hérnia de disco o ligamento longitudinal posterior está íntegro, segurando a pressão causada pela hérnia sobre ele (o ligamento). Veja um desenho de hérnia de disco na fig. ao lado.   Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com

Mais abaixo, nesta página, explico sobre hérnia de disco extrusa e hérnia de disco seqüestrada.

Qual a diferença entre estes dois tipos de hérnia de disco?

A diferença é que o ligamento longitudinal posterior sofre uma ruptura, representando uma gravidade maior.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


CAUSAS DA HÉRNIA DE DISCO

Hernia de disco contida

Hernia de disco contida

Uma hérnia de disco surge devido a um aumento na relação pressão intervetebral / capacidade das fibras do anel fibroso. Ou seja, quanto maior a pressão intervertebral, maior a chance de ter uma hérnia de disco.

Quanto mais fracas as fibras do anel fibroso, maior o risco de surgir com hérnia de disco.

O aparecimento de hérnia de disco, pode estar vinculado apenas um fator acima descrito ou aos dois.

Em suma, a hérnia de disco, pode ser causada por:

– Degeneração do disco devido envelhecimento

– Acidentes causando compressão nos discos

– Alterações posturais graves

– Excesso no esporte

– Fatores hereditários, etc.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


SINTOMAS DA HÉRNIA DE DISCO

Hernia de disco em L3, L4 e L5 imagem

Hernia de disco em L3, L4 e L5 imagem

A hérnia de disco comprime raízes dos nervos e medula, que estão próximas a ela.

Toda área próxima a hérnia de disco pode ficar comprometida, devido a redução de espaço. Se a hérnia estiver lateral pode comprimir os nervos no forame de conjugação.

Se a hérnia de disco estiver posterior pode diminuir o diâmetro do canal medular, comprimindo a medula naquele local.

É esta compressão dos nervos, causada pelo material exposto fora do disco, que resulta nos sintomas da hérnia de disco.

Dependendo de sua localização, a hérnia de disco causará sintomas diferentes.

 

 

 


SINTOMAS DA HÉRNIA DE DISCO DEVIDO SUA LOCALIZAÇÃO

Quando a hérnia de disco ocorrer na região lombar, causará os sintomas de dor lombar e/ou dor em pernas, e/ou parestesia (formigamento) em pernas e/ou fraqueza em pernas. A dor em pernas é chamada geralmente de ciático ou dor ciática. A dor na lombar pode ser chamada de lumbago.

Quando a hérnia de disco estiver na região cervical causará os sintomas de dor na região cervical (nuca) e/ou parestesia em braços e/ou fraqueza em braços. Poderá, também causar cefaleias (dor de cabeça).  Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com

Demonstro, acima, alguns exemplos de localização da dor ciática, causada por hérnia de disco. Na cor laranja, está desenhado o local que a pessoa sentirá dor quando tiver uma hérnia de disco entre L3 (3ª vértebra lombar) e L5 (5ª vértebra lombar)

Então a pessoa que tiver uma hérnia de disco comprimindo raiz de nervo na altura da L4, poderá sentir dor iniciando na cintura e descendo pela lateral e parte anterior da coxa e perna. A dor poderá descer até o pé, como poderá ficar até o joelho apenas. Isto dependerá do tamanho da hérnia de disco e da pressão que está exercendo sobre a raiz do nervo ciático.

Para saber a localização completa dos sintomas causados por hérnia de disco, em toda a coluna, veja , abaixo, os mapas de dor irradiada:

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


HÉRNIA DE DISCO NA REGIÃO LOMBAR

O lumbago, resultante de uma hérnia de disco, significa uma dor súbita e violenta nas costas. Esta dor forte força o paciente a inclinar-se. Esta postura é chamada de posição antálgica e persiste por vários dias, até a dor diminuir.

Esta dor nas costas, muitas vezes precede a dor ciática, que desce pela perna, com início na região lombar.

O local da perna que será afetado dependerá de qual altura da coluna lombar surgiu a hérnia de disco. Consequentemente, qual a raiz do nervo ciático que está comprimido.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com

Hernia de Disco com todos dermátomos

Hernia de Disco com todos dermátomos

 

Hernia de Disco e dermátomos trajeto da dor

Hernia de Disco e dermátomos trajeto da dor


HÉRNIA DE DISCO NA REGIÃO CERVICAL

Hérnia de disco cervical geralmente se desenvolve faixa etária de 30 à 50 anos.

A pressão causada por uma hérnia de disco na região cervical pressiona um nervo cervical. Irradiando o sintoma ao longo do trajeto do nervo.

A dor na cervical e/ou braço, a parestesia (formigamento) ou até a fraqueza muscular no braço. São resultantes de pinçamento em raiz de algum nervo emergindo na região cervical.

Por exemplo, uma hérnia de disco pinçando raiz de nervo na C6 (6ª cervical). Causará dor e/ou parestesia irradiando pelo ombro, podendo descer pelo braço e antebraço e, até, chegar no dedão.

Veja no mapa da dor irradiada, acima, todos os trajetos da dor, de acordo com o local da hérnia de disco.

Em alguns casos, a hérnia discal também poderá não causar nenhum sintoma.

Dependendo do local na coluna, poderá haver espaço no canal medular. Então a hérnia de disco não comprimirá a medula nem nervos, não causando dor, nem outros sintomas.

Outro fator variável é o tamanho da hérnia de disco. Algumas hérnias de disco são pequenas, não comprimindo nenhum nervo, passando despercebida.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


HÉRNIA DE DISCO EXTRUSA

O que é Hérnia de Disco Extrusa

Hernia de disco extrusa

Hernia de disco extrusa

Hérnia de disco extrusa é uma situação mais grave, pois pode causar séria estenose (estreitamento) do canal medular.

A hérnia de disco extrusa ocorre quando o ligamento longitudinal posterior não mais consegue conter a pressão causada pela hérnia de disco e se rompe. O núcleo pulposo migra para o interior do canal vertebral, podendo comprimir drasticamente a medula

Felizmente a hérnia de disco extrusa é uma situação menos freqüente em relação a hérnia de disco simples.

 


CAUSAS DA HÉRNIA DE DISCO EXTRUSA

Uma hérnia de disco simples, não tratada adequadamente, o ligamento longitudinal posterior cede à pressão exercida pelo disco herniado. Com isto deixa passar parte deste material entre suas fibras.

Esta porção da hérnia de disco que passou por uma brecha do ligamento longitudinal posterior, fica em contato direto com a medula.

A medula sendo comprimida, diminui o espaço destinado a ela.


SINTOMAS DA HÉRNIA DE DISCO EXTRUSA

Os sintomas da hérnia de disco extrusa são relativamente mais graves e severos comparando-se a hérnia de disco simples. Eu disse “relativamente”, pois o limiar de dor de cada pessoa é muito pessoal, dificultando uma comparação exata.

As dores afetam de modo insuportável tanto a região da coluna, como o membro (perna ou braço) correspondente aos nervos afetado.

Na hérnia de disco extrusa, quase sempre, a parestesia (formigamento) está presente. De modo muito mais acentuado do que na hérnia de disco simples.

de ocorrer também diminuição do tônus muscular correspondente ao local da hérnia de disco extrusa. Se ela ocorrer na cervical a pessoa terá fraqueza no braço. Se a hérnia de disco extrusa ocorrer na coluna lombar, a dificuldade será em caminhar.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


HÉRNIA DE DISCO SEQUESTRADA

O que é Hérnia de Disco Sequestrada

Hernia de Disco sequestrada

Hernia de Disco sequestrada

O ligamento longitudinal posterior tem algumas de suas fibras rompidas. Por esta razão não consegue mais segurar o desprendimento (pedaço solto) da porção extrusa da hérnia de disco.

Esta porção do disco, que já estava “estrangulada”, enquanto hérnia de disco extrusa, no espaço entre as fibras do anel fibroso. Agora se rompe e se desprende, migrando pelo canal medular em sentido cranial ( para cima) ou sentido caudal (para baixo).

Esta porção da hérnia que esta migrando pelo canal medular poderá acarretar na compressão de inúmeras porções da medula.

Este é o pior tipo de hérnia de disco e, felizmente, o mais raro de ocorrer.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


SINTOMAS DA HÉRNIA DE DISCO SEQUESTRADA

Os sintomas da hérnia de disco seqüestrada são, também, muito mais graves e severos. Tanto quanto na hérnia de disco extrusa.

As dores, neste tipo de hérnia de disco, afetam de modo muito intenso. Tanto a coluna, como o membro (perna ou braço) correspondente aos nervos pinçados.

Na hérnia de disco seqüestrada é comum estar presente a parestesia (formigamento).

O tônus muscular, de pernas ou braços, poderá estar afetado, diminuindo a força. Dependerá de onde a fração herniada do disco se alongar. Se a hérnia for na cervical a pessoa terá fraqueza no braço. Caso o fragmento sequestrado da hérnia de disco ocorrer na lombar, a dificuldade será em caminhar.

Os sintomas da hérnia de disco seqüestrada são muito variáveis. Como a porção que se desprendeu pode migrar para qualquer região da coluna. Isto causará sintomas diversos, de acordo com a região que estiver pinçando.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


TENHO HÉRNIA DE DISCO ? E AGORA, O QUE FAÇO?

Observações Gerais Sobre Hérnia de Disco

Procurei enfatizar a explicação dos MOTIVOS que levam uma pessoa a desenvolver hérnia de disco. Meu intuito, com isto, é ajudar o leitor na prevenção da hérnia de disco. Caso já esteja sofrendo com hérnia de disco a entender como não agravá-la .

Quem estiver padecendo desta patologia não tem motivo para desespero. Atualmente existem tratamentos maravilhosos para hérnia de disco.

A primeira atitude que deve ser tomada é procurar ajuda profissional ao sentir dor. Nunca se auto medicar, pois apenas estará piorando sua hérnia de disco.

Comentarei a seguir, sobre a relação do estresse ou ansiedade excessiva com a hérnia de disco. O que não costuma ser levado em conta, este estado emocional e as hérnias de disco.


ANSIEDADE (ESTRESSE) E SUA RELAÇÃO COM A DOR NAS COSTAS E HÉRNIA DE DISCO

Existe uma ligação importante entre dor nas costas e ansiedade.

Todo nosso corpo é formado por músculos.  Desde os grandes e conhecidos como os muito pequenos e desconhecidos por não profissionais da saúde.

Toda nossa coluna é composta de inúmeros pequenos músculos que a sustentam firme e em pé. Um intrincado trabalho de contrações e descontrações entre músculos agonistas e antagonistas.

Alterações emocionais como ansiedade e estresse, podem causar um desiquilíbrio no trabalho destes pequenos e importantes músculos da coluna.

Então, o estresse constante pode causar contraturas em regiões da coluna. Se persistirem durante muito tempo, podem comprimir perigosamente os discos.

O Dr. Wilhelm Reich (1896 -1957) já estudava este assunto que chamou de “couraças musculares”.

É muito importante sempre manter o equilíbrio emocional, tanto para evitar doenças, como para facilitar a cura das já existentes.

Na prática diária, tratando pessoas com hérnia de disco, existe uma melhora mais rápida entre os que são mais tranqüilos. Mesmo nos casos de hérnia extrusa, são facilmente recuperados nos mais calmos.

Obviamente quem é estressado também terá resultados com o tratamento, porém com um pouco mais de demora. O corpo trabalhará melhor quanto mais equilíbrio emocional tiver.

É por este motivo que sempre recomendo técnicas de relaxamento ou treinamento autógeno de relaxamento do Dr. Schultz

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


POSTURA E HÉRNIA DE DISCO

Uma outra causa da hérnia de disco é a postura. Pessoas que permanecem por longos periodos sentadas de forma errada, desleixada tendem a sofrer deste mal.

Exercícios de forma errada, como o iniciante em musculação que no desejo de criar músculos rapidamente exagera na carga. Realizando exercícios sem orientação profissional poderá ser vítima de uma hérnia de disco.

Algumas pessoas, devido a esforços constantes e repetitivos, tem um leve rompimento no anel fibroso. Sem saber e nem sentir nada, um dia faz um esforço maior e o anel fibroso abre uma fenda. Ocasionando a dor forte da hérnia de disco.

A pessoa que já possui um esgarçamento no anel fibroso, sem dor nem sintoma algum, passa por um acidente de impacto na coluna. Esta pessoa terá uma hérnia de disco imediatamente também.

ATIVIDADES DIÁRIAS E SUA RELAÇÃO COM HÉRNIA DE DISCO

Escoliose e Hernia de Disco

Escoliose e Hernia de Disco

No dia a dia, carregar peso de forma inadequada também pode causar hérnia de disco.

Uma dona de casa que exagera nas suas atividades domésticas, arrastando os móveis, carregando botijão de gás, sacola de feira, tudo de maneira errada.

Quem possui desvios posturais deve tomar cuidado a mais na prática de atividades físicas intensas.

Uma pessoa que tenha escoliose e inicia um determinado esforço físico regularmente, sem orientação profissional, de forma inadequada. Sem observar a devida ergonomia, poderá apresentar, após meses, uma protusão discal que caminhará para hérnia de disco.

Os discos já sofrem diariamente esforço perpendicular, devido a força da gravidade na nossa postura ortostática.

Some a isto o sobreesforço em um dos lados dos disco causado pela compressão de duas vértebras. Estas vértebras não paralelas entre si (devido uma escoliose, hiperlordose ou hipercifose, como exemplos).

O disco será empurrado lateralmente no sentido oposto ao da compressão, causando uma hérnia do disco.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com


O GRANDE SUCESSO DO NOSSO TRATAMENTO DA HÉRNIA DE DISCO

É A JUNÇÃO DE VÁRIAS ESPECIALIZAÇÕES E EQUIPAMENTOS MODERNOS, NA MESMA SESSÃO, NO MESMO DIA.

Em cada sessão você receberá as técnicas de várias especialidades e equipamentos de última geração. Você será atendido por um único profissional, o Dr. Gilberto, formado há muitos anos, nas especialidades relacionadas à hérnia de disco.

Clique abaixo e saiba, em detalhes, como é o tratamento da hérnia de disco.

Nosso Tratamento

Nosso Tratamento para hernia de disco

           


TEMPO DO TRATAMENTO CONTRA HÉRNIA DE DISCO

O tempo necessário para o paciente sentir alívio das suas dores, dependerá da gravidade da hérnia de disco.

Na hérnia de disco com maior gravidade, o alívio das dores será sentido apenas após várias sessões.

Quanto menor o tamanho da hérnia de disco, menos as raízes dos nervos serão pinçados. Menos sintomas a pessoa sentirá.

A dor e formigamento diminuirão progressivamente conforme o tratamento resultar na diminuição gradativa no tamanho da hernia de disco.

No início do tratamento, o paciente poderá sentir alívio das dores decorrentes da hérnia de disco. Mas o tratamento total pode demorar alguns meses.

Direitos autorais desta página para Dr. Gilberto Agostinho: www.drgilberto.com